Aconteceu!

Para valorizar o acervo do Museu e divulgar os acontecimentos que fizeram história em Tibagi, toda semana o diretor Neri Assunção, em parceria com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, desenvolve textos que relatam fatos marcantes na coluna Aconteceu!


 


  
Os clubes já foram o cenário do Carnaval tibagiano

O retrato do surgimento da primeira escola de samba, em 1928, no Rio de Janeiro, a 'Deixa Falar', à criação dos blocos de rua em Tibagi. Nesta terceira edição da coluna Aconteceu!, o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, através da coluna de fatos históricos, traz parte desta história tão presente em nosso país e enraizada na cultura tibagiana.
Mais

  
Banda Municipal se apresentava em todas as festas da padroeira da cidade

No próximo domingo (28) acontece a tradicional festa a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Tibagi, copadroeira da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios. A festa é realizada desde a década de 30 e contará com programação especial iniciando às 10 horas com a celebração da missa, seguida de almoço, serviços de barraquinhas e sorteio de prêmios com destaque ao cartelão que premiará com um carro zero quilômetro, R$ 1 mil, R$ 500 e uma bicicleta.
Mais

  
Futebol de Salão chegou a Tibagi na década de 60

Nesta semana, Tibagi ficou com a prata no futsal na etapa dos Jogos Escolares em Piraí do Sul, com equipe do Colégio Leopoldina. Mas a tradição do esporte no município vem de muitos anos atrás. Para saber um pouco mais sobre o esporte e sua chegada a Tibagi, a coluna Aconteceu! uma parceria entre o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior e a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, foi resgatar essa história.
Mais

  
Biblioteca e Museu de Tibagi lembram dia da abolição dos escravos no Brasil

Há 127 anos a princesa Isabel assinava a Lei Áurea, que garantia a liberdade de todos os escravos no Brasil. Neste dia 13 de maio, o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior traz um pouco da história da escravidão em Tibagi, município que, segundo o IBGE, tem mais de 70% de sua população formada por afrodescendentes. Nesta quarta-feira (13), a Biblioteca Pública Historiador Luiz Lepoldo Mercer representou entre suas salas os espaços como as senzalas e quilombo, revivendo a história da abolição no país para alunos da rede municipal de ensino.
Mais

  
Primeira Vaca Mecânica foi inaugurada em 1986

A Prefeitura de Tibagi reinaugurou nesta semana o Centro Municipal de Alimentação, com reabertura da Vaca Mecânica, que passa a produzir mais de 3 mil pacotes de leite de soja a serem distribuídos à rede municipal de ensino e entidades locais. A vaca mecânica havia sido inaugurada em Tibagi em 1986, e atendeu a comunidade tibagiana durante muitos anos. Para contar um pouco desta história, a coluna Aconteceu! foi buscar informações sobre esta importante iniciativa.
Mais

  
Batalha de Monte Castelo foi encenada em Tibagi

O ano de 2015 marca os 70 anos da Batalha de Monte Castelo, travada ao final da Segunda Guerra Mundial, entre as tropas aliadas e as forças do Exército Alemão, que tentavam conter o seu avanço no Norte da Itália. Esta batalha marcou a presença da Força Expedicionária Brasileira (FEB) no conflito. Na década de 80, um teatro ao ar livre encenou este conflito em Tibagi, com grande produção e aspecto realista. Com a missão de trazer detalhes e curiosidades de Tibagi, a coluna Aconteceu! desvenda mais um fascinante marco da história do município.
Mais

  
Casa da Cidade foi construída em 1916 para abrigar Mercado Municipal

A Casa da Cidade, construção histórica localizada na Praça Edmundo Mercer, passou por uma revitalização e foi reinaugurada em março deste ano. O prédio passou a abrigar o Departamento de Cultura e o Conservatório Municipal, mas já foi sede de muitas outras iniciativas no município. Para contar um pouco sobre esta passagem, o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, foi resgatar essa história.
Mais


  
Projeto Independência completa 30 anos da primeira apresentação

Em 7 de setembro de 1984, a cidade de Tibagi no Centro Municipal de Eventos – Horto Florestal transformou-se em grande centro cultural e turístico. O projeto Independência contava a história do descobrimento do Brasil, abolição da escravatura, Inconfidência Mineira até a proclamação da Independência às margens do riacho Ipiranga e reunia atores e colaboradores do município e cidades vizinhas. Todas estas passagens estão registradas em exposição no Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior com imagens do acervo pessoal do fotógrafo Célio Luiz Zapzalka e faz parte da programação da oitava edição da Primavera dos Museus.
Mais

  
Festa pela colheita se repete desde 1973

Há mais de 40 anos era realizada a primeira Festa do Trigo em Tibagi para celebrar o sucesso da colheita. Em suas várias edições, o evento mudou de nome e neste final de semana se realiza como Festa de Ação de Graças pela Colheita pela 15ª vez, apresentando o potencial do município que é o maior produtor de trigo do Brasil. Para contar um pouco sobre a festa, o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior e a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Tibagi reúnem o histórico desta celebração na coluna Aconteceu!
Mais

  
'Santinha' atrai fieis de todo o país a Tibagi

Há 114 anos, uma imagem de louça com cinco centímetros atrai milhares de fieis de várias partes do Brasil a uma capela a 37 quilômetros da cidade de Tibagi, na localidade rural de Campina Alta. A Santinha recebe duas denominações, é conhecida como Santa Pastorina ou Castorina e sua história está ligada à tradição de fé do povo tibagiano. Além de se tornar uma festa oficial no calendário de eventos da cidade, o dia da Santinha, que embora não reconhecida pelo Vaticano é lembrada pelos devotos como santa milagreira, é momento de peregrinação.
Mais

  
Primeiro grupo de escoteiros em Tibagi data de 1937

O Grupo Escoteiro Machadinho, que neste sábado (19), recebe da Prefeitura de Tibagi um espaço reformado para sua nova sede, tem o início de sua história em 1993. Muito antes disso, em 1937, era iniciado o primeiro grupo escoteiro de Tibagi. Para contar um pouco sobre este movimento, o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, foi resgatar essa história.
Mais

  
Histórias de Machadinho e José Félix retratam o início da colonização da região

Os 142 anos de emancipação política de Tibagi, comemorados em março deste ano, contam parte da história da região, que tem seu início muitos anos antes. Na semana que se comemora 220 anos da primeira colonização de Tibagi, para relembrar esta passagem, o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, traz o relato da vida de José Félix e Machadinho, os primeiros a povoar a região.
Mais

  
Tibagianos recordam consternação da primeira Copa no Brasil em 1950

Tibagianos recordam consternação da primeira Copa no Brasil em 1950 Se hoje, 64 anos depois, sobram meios de comunicação para acompanhar a Copa do Mundo no Brasil com inúmeras tecnologias a favor, na primeira edição do mundial no país em 1950 a realidade não era bem assim. Encontro que reuniu cinco tibagianos que acompanharam esta edição histórica, numa descontraída roda de conversa na Biblioteca Pública de Tibagi, apresentou peculiaridades curiosas dos desafios da época para poder estar antenados no mundial. Estas histórias fazem parte da coluna ‘Aconteceu!’, organizada pelo Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior. O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, traz parte desta história...
Mais

  
Habilidades do tibagiano Alberto Guimarães homenageiam dia do Trabalhador

O Dia do Trabalhador ou Dia Internacional dos Trabalhadores é celebrado anualmente no dia 1º de Maio em numerosos países do mundo, sendo feriado no Brasil e em outros países. No calendário litúrgico celebra-se a memória de São José Operário por tratar-se do santo padroeiro dos trabalhado-res. Em alusão à data, o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, traz parte desta história, homenageando um tibagiano com grandes habilidades profissionais na história do município. O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, traz parte desta história...
Mais


  
Imagem do Senhor Morto, restaurada recentemente, data de 1914

Um dos ícones da cultura tibagiana é a devoção à Nossa Senhora dos Remédios, que fica evidenciada num dos prédios históricos mais belos da cidade. A Igreja Matriz, localizada na praça central de Tibagi, completou 70 anos em 2013. Muito antes disso, foi esculpida a imagem em madeira do Senhor Morto, que foi recentemente restaurada. O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, traz parte desta história...
Mais


  
107 anos das Cavalhadas em Tibagi

Em tempos atuais, os encontros entre amigos para cavalgadas ainda é comum em Tibagi. Há mais de 100 anos, acontecia na cidade um espetáculo conhecido como cavalhadas, que simbolizou as batalhas medievais. O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, buscou em seu acervo as informações sobre este evento...
Mais


  
Primeira Rainha do Carnaval foi eleita em 1931

No Brasil, a história do Carnaval inicia ainda no Império, quando em 1855 houve aquele que foi considerado o primeiro desfile de Carnaval: uma comissão de intelectuais formou um bloco e os participantes foram até o Palácio São Cristóvão pedir à Família Real que assistisse ao desfile. O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, traz parte desta história tão presente em nosso país e enraizada na cultura tibagiana..
Mais


  
Cadete põe os carros na rua e cria primeiro Carnaval em 1910

Faltam poucos dias para o início do Carnaval de Tibagi, que em 2014 completa 104 anos de história. Os preparativos para esta grande festa estão a pleno vapor, e a valorização desta tradição está em pauta. O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, homenageia a trajetória desta celebração, que tem suas raízes misturadas à história de Tibagi. Nesta primeira edição, uma homenagem ao fundador da folia tibagiana: Manoel da Costa Moreira, o Cadete.
Mais


  
Colégio Leopoldina comemora 20 anos

Em 2013 o Colégio Estadual Leopoldina Bittencourt Pedroso comemorou 20 anos de atividades junto à comunidade tibagiana. Recordar as dificuldades de início de trabalho como, por exemplo, o fato de a escola não ter sequer uma máquina de datilografia e nos primeiros meses não receber repasses do Governo Estadual faz com que a história do colégio seja ainda mais bonita e valiosa. O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior juntamente com a Assessoria de Comunicação da prefeitura, através da coluna de fatos históricos, Aconteceu!, homenageia a trajetória desta instituição que é lembrada com carinho por muitos cidadãos que já passaram por lá ou que tem algum ente familiar ligado ao colégio.
Mais


  
Dia dos músicos homenageia talentos da cidade

No dia 22 de novembro é comemorado o Dia do Músico, em referência à celebração da padroeira da música, Santa Cecília. Em Tibagi, a data é lembrada pelos grandes talentos da musicalidade, seja por integrantes da tradicional Banda Musical de Tibagi ou por músicos de vários gêneros e ritmos. A coluna de fatos históricos desta semana, Aconteceu!, homenageia dois destes talentos, José da Cruz Machado que foi o precursor da centenária Banda de Tibagi e Osmar Dias de Siqueira, músicos reconhecido por tibagianos e turistas que se encantavam com sua desenvoltura nas rodas de samba ou encontros musicais.
Mais


  
Praça Central de Tibagi já foi denominada Praça 15 de Novembro

A coluna de fatos históricos de Tibagi, Aconteceu!, traz esta semana curiosidades sobre a data 15 de novembro, em referência ao feriado nacional do Dia da Proclamação da República, que no passado foi nomenclatura da atual Praça Leopoldo Mercer e motivos de comemorações da Câmara de Vereadores.
Mais


  
Halloween e as lendas tibagianas

Nesta quinta-feira, dia 31 de outubro, comemora-se o dia de Halloween. Comemoração que chegou ao Brasil através da grande influência da cultura americana, principalmente pela televisão. Os cursos de língua inglesa também colaboraram para a propagação da festa em território nacional. Este tema inspirou a Coluna de fatos históricos, Aconteceu!, a narrar parte do folclore brasileiro com destaque às lendas tibagianas como a lenda do escafandro, da Ingrata, o temido Lobisomem do Guartelá, entre outras.
Mais


  
Semana do Professor homenageia Marieta Teixeira

Na semana em que se comemora o Dia dos Professores, em 15 de outubro, a coluna de fatos históricos, Aconteceu!, homenageia uma ilustre cidadã tibagiana que neste ano faleceu aos 91 anos. Marieta da Costa Teixeira dedicou grande parte de sua vida, cerca de 35 anos aos interesses da educação tibagiana. O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior foi buscar a história desta data no Brasil e a relação com a homenageada especial.
Mais

  
Dia das crianças recorda brincadeiras de tibagianos

Prestes a comemorar os 89 anos da criação do dia das crianças comemorado em 12 de outubro, a coluna de fatos históricos, Aconteceu!, recorda momentos memoráveis de diversão da infância tibagiana. Em anos passados, quando eram limitadas as alternativas de brinquedos, restava às crianças da época a possibilidade do encontro em torno da praça da matriz para que a criatividade rolasse solta.
Mais

  
Do poço à caixa d’água

A coluna de fatos históricos, Aconteceu!, dedicou para esta semana a história da construção do primeiro reservatório de água para abastecimento do município de Tibagi até chegar aos padrões atuais. Da primeira construção em 1915, transcorrem 98 anos, onde atualmente a Companhia de Abastecimento do Paraná (Sanepar) atende 100% da população urbana com água tratada e 81,2% da população da sede com coleta e tratamento de esgoto sanitário.
Mais

  
95 anos da chegada do primeiro carro em Tibagi

A coluna de fatos históricos ‘Aconteceu!’, alimentada semanalmente pelo Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior em parceria com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, preparou para esta semana mais uma relíquia da história de Tibagi: a chegada do primeiro carro. Tal acontecimento comemora em 2013 seus 95 anos de história.
Mais

  
Quem desceu a Rua Sete?

Na véspera da comemoração dos 191 anos de Independência do Brasil, no dia 7 de setembro, a coluna de fatos históricos ‘Aconteceu!’ recorda uma expressão popular entre os tibagianos que ficou muito conhecida e temida. ‘Quem desceu a rua sete?’, era a pergunta dos moradores e curiosos para saber qual defunto era transladado pela rua 7 de setembro que tradicionalmente percorria para chegar até o cemitério.
Mais

  
Praça Edmundo Mercer tem mais de 50 anos de história

A coluna de fatos e curiosidades, ‘Aconteceu!’, foi buscar em seus registros a história de uma das praças mais antigas da cidade, a Praça Edmundo Mercer, que em 2013 passa por uma grande obra de revitalização. Para entender o início de sua criação, o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior remete ao ano de 1905 para começar a narrar mais esta curiosidade.
Mais

  
Maior incêndio do Paraná aconteceu há 50 anos

Nos últimos dias, incêndios ambientais atingiram áreas bem próximas ao centro da cidade. O fato motivou a coluna de fatos históricos, ‘Aconteceu!’, a relatar o trágico incêndio que há exatamente 50 anos deixou o Paraná em estado de alerta. Uma série de queimadas ocorreram entre os meses de agosto e setembro de 1963 causando uma tragédia histórica com 110 mortos e cerca de 10% do território do estado consumido pelas chamas. Tibagi, na ocasião, transformou-se numa central de queimados, recebendo no Hospital Luiza Borba Carneiro pacientes de todo o Paraná, vítima de queimaduras.
Mais

  
Monge João Maria em sua passagem por Tibagi e a Guerra do Contestado

Desde a última semana, Tibagi está sediando no Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior a exposição 'A Guerra do Contestado', organizada pelo Museu Paranaense. Aproveitando a temática, a coluna de fatos históricos 'Aconteceu!' aproveita para narrar este acontecimento e recordar a passagem do monge João Maria de Jesus por Tibagi e a influência dos monges na época para a eclosão da Guerra do Contestado.
Mais

  
Conjunto Musical 'Os Diamantes' reinou por mais de 20 anos em Tibagi

Separar a cultura negra, carnaval e garimpo com a história de Tibagi é missão praticamente impossível. E se misturado a tudo isso tiver habilidades musicais o resultado é ainda mais especial. No ano de 1969 despontava para o sucesso local o Conjunto Musical 'Os Diamantes na Terra dos Brilhantes', nome bastante sugestivo comparado ao histórico do município que ficou conhecido pela desbravação em busca de pedras preciosas. A coluna de fatos e curiosidades, 'Aconteceu!', resgata mais esta bela história de Tibagi.
Mais

 
 
53 anos de história do HLBC

No dia 2 de julho é comemorado o dia do Hospital. Na semana da comemoração, a coluna de fatos históricos, 'Aconteceu!', foi buscar nos arquivos do Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior os registros que homenageiam os 53 anos do Hospital Luiza Borba Carneiro. A data é uma forma de reconhecer os esforços dos profissionais que trabalham na área da saúde, médicos, enfermeiros, radiologistas, terapeutas, psicólogos, entre tantos outros.
Mais

 
Enchentes assustaram tibagianos nos anos de 1937 e 1983

Na semana em que Tibagi voltou a conviver com alagamentos como consequência das cheias do Rio Tibagi, a coluna de fatos históricos 'Aconteceu!' revira seu baú para lembrar de duas grandes enchentes enfrentadas nos anos de 1937 e 1983. O diretor do Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior ajuda a recordar estas datas.
Mais

 
Prédio da Igreja Matriz completa 70 anos

Um dos ícones da cultura tibagiana é a devoção à Nossa Senhora dos Remédios que fica evidenciada num dos prédios históricos mais belos da cidade. A Igreja Matriz, localizada na praça central de Tibagi, completa esta semana 70 anos, sendo inaugurada no dia 20 de junho de 1943, e compõe o enredo da coluna de fatos e curiosidades, Aconteceu!.
Mais

 
Prainha de Tibagi era atração até a década de 80

Nos primórdios da formação do município de Tibagi, o caudaloso rio que leva o mesmo nome da cidade, obra prima da natureza, ao cortar o interior do Paraná atraiu milhares de exploradores em busca de riquezas, de pedras preciosas, presentes em seus leitos encachoeirados. A Coluna 'Aconteceu!', desta semana, conta que não foi só pelos diamantes e pedras preciosas que o Rio Tibagi ficou conhecido. Até a metade da década de 80, os tibagianos apelidaram carinhosamente como a 'prainha' da cidade e se tornou ponto de encontro no município, já predominando seu potencial turístico que viria aflorar anos mais tarde.
Mais

 
Praça 18 de Março já foi Campo de Aviação

A coluna de fatos históricos, Aconteceu! traz esta semana mais uma passagem na história de Tibagi. O Museu Desembargador Edmundo Mercer Júnior abre seu baú para relatar detalhes da inauguração do fórum da cidade, que antes de ter sua sede atual ocupou o espaço onde hoje está o Museu do Garimpo.
Mais

 
Centenário de Roldão Nocêra

A coluna de fatos históricos, Aconteceu! traz esta semana mais uma passagem na história de Tibagi. O Museu Desembargador Edmundo Mercer Júnior abre seu baú para relatar detalhes da inauguração do fórum da cidade, que antes de ter sua sede atual ocupou o espaço onde hoje está o Museu do Garimpo.
Mais

 
A história dos Jesuítas em Tibagi

A coluna de fatos históricos, Aconteceu! traz esta semana mais uma passagem na história de Tibagi. O Museu Desembargador Edmundo Mercer Júnior abre seu baú para relatar detalhes da inauguração do fórum da cidade, que antes de ter sua sede atual ocupou o espaço onde hoje está o Museu do Garimpo.
Mais

 
Fórum de Justiça foi inaugurado em 1985

A coluna de fatos históricos, Aconteceu! traz esta semana mais uma passagem na história de Tibagi. O Museu Desembargador Edmundo Mercer Júnior abre seu baú para relatar detalhes da inauguração do fórum da cidade, que antes de ter sua sede atual ocupou o espaço onde hoje está o Museu do Garimpo.
Mais

 
Prédio da Prefeitura já foi Seminário

Que Tibagi guarda muitas histórias, muita gente já sabe. Por isso o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior revela semanalmente traços importantes da vida da cidade. Hoje é a vez de conhecer a história de um dos prédios mais imponentes de Tibagi que atualmente abriga a sede administrativa da Prefeitura Municipal. Há 17 anos sedia o Poder Público, mas por mais de 50 anos foi Seminário dos Padres Redentoristas.
Mais

 
Peça do Mês do Museu: “A Diligência”.

Uma diligência é um tipo de carruagem fechada de quatro rodas utilizada para o transporte de passageiros e mercadorias, extremamente resistente e puxada por quatro cavalos. Amplamente usada antes da introdução do transporte ferroviário, a diligência fazia viagens regulares entre estações, que ofereciam locais de descanso para quem viajava nestes veículos.
Mais

 
Escola de Samba Municipal é a mais antiga da avenida

A Escola hoje conhecida como Flor de Liz é uma fusão entre as Escolas de Samba Municipal e a Herdeiros do Samba, ocorrida há seis anos. Mas a Escola de Samba Municipal tem uma longa história. No início era um grupo de amigos do samba, liderados por Orlindo, Wilson José (Téia), Luiz Carlos, João Maria Pereira Taques (Tio Luila), Álvaro Barbosa, Maria Rita, Jarbas, Cizo. Este Grupo de Samba saía pelas ruas em época de carnaval, acompanhado do famoso “boi”.
Mais

 
O Carnaval em Tibagi, tradição e muita história para contar!

No século XVII os portugueses se armavam de baldes e latas cheias de água para se molhar. Era a época do entrudo, uma festa que chegou ao Brasil com a Corte e acontecia antes do início da Quaresma. Duravam três dias de domingo até a terça-feira e, com o passar dos anos, outros ingredientes entraram na brincadeira: água suja, farinha, talco e ovos. Quem estivesse na rua corria o risco de ser atingido.
Mais

 
Há 140 anos, empossado o primeiro prefeito.

O município de Tibagi foi criado pela Lei n. 302 de 18 de março de 1.872, porém somente no dia 10 de janeiro de 1873 foi empossado o Primeiro Prefeito de Tibagi, o Cidadão Antônio Barbosa de Macedo, que administrou o Município nos seus primeiros meses. A cerimônia ocorreu às 9 horas da manhã na Sacristia da Igreja Matriz.
Mais

 
Há 100 anos, o garimpo ressurgia no Rio Tibagi

"Diamante! Diamante! Era o brado que ecoava nas regiões do caudaloso Tibagi". O caudaloso Rio Tibagi, obra prima da natureza, ao cortar o interior do Paraná mostra a beleza de seus saltos, de suas praias e também a presença em seu leito dos "caldeirões" encachoeirados, contendo pedras preciosas magistrais, alento de uma população em constante busca de riquezas.
Mais

 
Memória do Rádio em Tibagi

Além da Independência do Brasil, o feriado de 7 de setembro marca outra data importante da história do Brasil: o aniversário da primeira transmissão oficial de rádio do país, que aconteceu no dia 7 de setembro de 1922, em comemoração, justamente, ao centenário da Independência. O discurso do presidente Epitácio Pessoa completa 90 anos em 2012 e foi transmitido por alto-falantes nas ruas do Rio durante uma feira internacional.
Mais

 
Comarca de Tibagi completa 122 anos de instalação

Nesta terça-feira, dia 21 de agosto, a Justiça não terá expediente em Tibagi e Ventania. O feriado foi determinado por meio de portaria assinada pelo juiz de Direito e diretor do Fórum, Dr. João Batista Spanier Neto, em comemoração ao aniversário da instalação da Comarca de Tibagi. Este fato, que completará 122 anos, é relembrado na coluna de curiosidades e fatos históricos “Aconteceu!” desta semana.
Mais

 
Espírito olímpico tomou conta de Tibagi em 1976

O fim de tarde deste domingo (10) no Brasil, noite na Europa, marcará o encerramento da 30ª edição dos Jogos Olímpicos, realizada em Londres. Ao contrário da cerimônia de abertura, todos os atletas entrarão juntos, e não separados por países, demonstrando que representam “uma só nação”. Mais de 10.500 atletas, de 26 esportes, participaram das competições desta Olimpíada, que mais uma vez disseminou os valores olímpicos de respeito, amizade e excelência, envolvendo a ultrapassagem dos limites e a superação dos desafios com prazer, garra, motivação e energia.
Mais

 
Padre Nelson: 12 anos de vida sacerdotal

Aconteceu!, a coluna de fatos históricos e curiosidades de Tibagi, uma parceria da Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal e do Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior, relembra os 12 anos de sacerdócio do Padre Nelson Bueno da Silva, que desde 2006 é pároco da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios. A ordenação de Padre Nelson aconteceu em 2 de julho de 2000, na Paróquia São Sebastião de Ponta Grossa, tendo como bispo ordenante Dom João Braz de Aviz.
Mais

 
Peixe de 19 quilos atiçou tibagianos em 1958

Nesta sexta-feira, (29) dia de São Pedro, o apóstolo pescador e que também é conhecido como padroeiro dos amantes da pesca, inspirou a Coluna de fatos e curiosidades de Tibagi, Aconteceu!, para revirar seus registros no Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior e contar passagens interessantes da história da cidade, nesta data que foi escolhida para comemorar o dia do pescador.
Mais

 
'Nequinho' o bairro de muitos nomes

Um dos bairros privilegiados por ter uma visão panorâmica de Tibagi, num dos pontos mais altos da cidade, e que atualmente acolhe cerca de 200 famílias é tema da Coluna Aconteceu! desta semana. O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior foi atrás da história desse bairro, hoje conhecido como Nequinho, em homenagem a Manoel Ferreira Ribas.
Mais

 
Museus de Tibagi são fontes de conhecimento e história

Quem conta a história semanal de casos e causos de Tibagi, hoje é a fonte e enredo principal da Coluna de fatos históricos Aconteceu! Os Museus do município são referências principais na história da cidade e no dia 18 de maio é comemorado o Dia Internacional dos Museus. A data foi instituída pelo Comitê Internacional de Museus (ICOM) com o objetivo de chamar a atenção da sociedade e do público para a importância dos museus. Afinal, são os museus os responsáveis por preservar a história e a cultura da humanidade. Através dos anos, preservam os objetos que foram utilizados, inventados ou descobertos pelo homem ao longo de sua existência histórica.
Mais

 
Tibagi teve time campeão no Paranaense de Futebol

O próximo domingo (13), Dia das Mães, é também data da grande final do Campeonato Paranaense com o confronto Atletiba, denominação do encontro do Atlético Paranaense e Coritiba. É a 98ª edição da principal divisão do futebol do Estado, organizado pela Federação de Futebol do Paraná. A coluna de fatos históricos, Aconteceu!, e o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior foram em busca de um recorte bem interessante da história da cidade. Tibagi, no ano de 1.955, quando o Clube Atlético Monte Alegre (CAMA) ainda pertencia ao município tibagiano foi campeão paranaense.
Mais

 
Festa do Perpétuo Socorro chega a 74ª edição

Toda essa programação é para homenagear a santa que tem uma infinidade de devotos fieis em Tibagi. Quem explica o porquê da cidade ter como padroeira a Senhora dos Remédios, mas sempre acompanhada da madrinha do Perpétuo Socorro são Nery Aparecido Assunção, diretor do Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior e padre Nelson Bueno, pároco. “A Nossa Senhora da Paixão do Perpétuo Socorro é venerada aqui na cidade desde o início do século passado”, diz o padre. “É uma tradição que a comunidade ainda preserva”, completa Nery.
Mais

 
Comemoração de Tiradentes era feita até final da década de 80 em Tibagi

O próximo dia 21 de abril recorda os 220 anos da morte de Tiradentes. Joaquim José da Silva Xavier foi dentista, tropeiro, minerador, comerciante, militar e ativista político que atuou no Brasil colonial, mas ficou imortalizado como mártir da Inconfidência Mineira. A coluna de fatos históricos, Aconteceu!, abre seus arquivos para contar mais essa historia de Tibagi. De acordo com informações do Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior até o final da década de 80 eram realizadas encenações na Praça Leopoldo Mercer e posteriormente no Horto Florestal para reviver os últimos passos do mártir.
Mais

 
Distrito de Amparo completa 100 anos de história

Neste domingo (15), é aniversário do distrito de Amparo, localizado a 40 km da sede, quando comemora 100 anos de criação distrital. Em 15 de abril de 1912, o Congresso Legislativo do Estado do Paraná decretou e Carlos Cavalcanti de Albuquerque, governador, sancionou a Lei 1.188 criando no município de Tibagi, o distrito Judiciário do Amparo. Para contar essa história, a coluna de fatos históricos, Aconteceu!, e o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior contam mais esse importante capítulo da história da cidade.
Mais

  
Biblioteca homenageia patrono em seu centenário

A Biblioteca Municipal de Tibagi Historiador Luiz Leopoldo Mercer rende homenagens a seu patrono que completaria no dia 4 de abril, 100 anos de vida. Luiz Leopoldo Mercer, mais conhecido como Lulu é o sétimo filho do casal Edmundo Alberto e Laurentina Mercer. Nasceu no município no dia 4 de abril de 1912. Em fevereiro de 1939 foi admitido no serviço público de Tibagi, exercendo cargos de almoxarife, agente de Estatística e Secretário da Prefeitura.
Mais

  
Em 1872 é implantada a primeira sala de aula de Tibagi

Antes de 1872, quem nascia em Tibagi não ia para a escola. Simplesmente porque não havia escola. Para estudar, os filhos de famílias mais ricas podiam ir à cidade grande – Curitiba, tentar uma vaga no ensino primário. Mas aos demais, a pouca leitura de uns deveria ser repassada aos outros até que a Freguesia do Tibagy (assim mesmo, com y ainda), pertencente ao município de Castro, recebeu pela Lei 305 de 2 de abril daquele ano a Cadeira de Instrução Primária para o Sexo Feminino. Este era o nome da primeira escola da cidade.
Mais

  
'O Jornal' tenta emplacar baiano como prefeito em 1935

Às vésperas das eleições para prefeito e vereadores em Tibagi, circulava pelas pacatas ruas da pequena cidade, um tabloide de quatro páginas recheadas de intenções políticas em 1935. 'O Jornal' apresentou-se declaradamente como favorável ao migrante baiano Nelson Santos, que disputava a cadeira de prefeito com o tibagiano Guataçara Borba Carneiro, e pedia voto aos candidatos a vereador do Partido Social Democrático. Manoel Camargo e Guilherme W. Ross eram os redatores, sob a gerência de Romário S. Martins. A publicação teve apenas uma edição, com a original preservada no Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior.
Mais

  
O trabalho das parteiras: ritos e simpatias na 'boa hora'

Ao longo dos nove meses de gestação, elas visitavam a futura mamãe, apalpavam a barriga, faziam orações, receitavam simpatias e até se arriscavam a prever o sexo da criança. Com carinho, cuidavam das gestantes para que tivessem “uma boa hora”. E quando a hora chegava, não importasse se à noite ou de dia, corriam para a casa da mãe em trabalho de parto e tomavam conta de tudo. Portas fechadas, bacias de metal com água morna, toalhas brancas, um pouco de álcool, alguns parcos instrumentos.
Mais

  
Tradição de Corpus Christi abre espaço para arte

Uma procissão mantida como tradição em praticamente todas as paróquias católicas do mundo se repete nesta quinta-feira (23) e deve reunir em Tibagi mais de 500 fieis. A procissão de Corpus Christi é repleta de simbologia e abre espaço também para manifestações artísticas na elaboração de tapetes coloridos e criativos. No município, essa tradição teve início com a chegada de padres Redentoristas, os mesmos que construíram a atual igreja matriz e o Palácio do Diamante, antigo seminário, hoje sede da Prefeitura.
Mais

  
João Desidério: o calmo e destemido mensageiro do sertão

No início do século passado, o município de Tibagi abrangia uma extensa área territorial que chegava ao norte e centro-oeste do Estado. O território incluía até o município de São Jerônimo da Serra, onde reservas indígenas significavam certo perigo a estranhos desbravadores. Com poucas estradas e acessos vicinais complexos, nada conhecidos, o trabalho de distribuição postal era um grande desafio. João Desidério era este destemido conhecedor das terras tibagianas, praticamente o GPS da época.
Mais

  
Pedro Camargo: o curioso telegrafista de Tibagi

Em 1835 nascia uma tecnologia que revolucionou a comunicação no mundo. Usados na transmissão de mensagens gráficas a partir de códigos, os telégrafos abriam naquela época um canal de diálogo instantâneo e inovador. Mas, somente 90 anos depois é que o invento dos americanos Joseph Henry e Samuel Morse, chegou a Tibagi, um acontecimento que ficou registrado na história da cidade.
Mais

  
Ex-escrava, 'Tia Olímpia' foi a primeira assistente social de Tibagi

Há 123 anos, a princesa Isabel assinava documento que garantia a liberdade de todos os escravos no Brasil. A Lei Áurea de 13 de maio de 1888 marca o início de uma nova fase na história dos negros brasileiros e em Tibagi, onde quase 70% da população é afrodescendente, o fim da escravidão também deixou marcas importantes. Muitos objetos e documentos arquivados no Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior mostram como foi o processo de libertação na região e, neste 13 de maio, a homenagem da Casa é para uma escrava em especial: 'Tia Olímpia'.
Mais

  
Cruzeiros simbolizam a fé dos tibagianos

A religiosidade da população de Tibagi é característica forte no traço cultural da cidade, elencada inclusive nas pesquisas feitas para a elaboração do Planejamento Estratégico Municipal, recentemente. No município, há várias manifestações populares preservadas ao longo do tempo para ressaltar a fé. Simbolicamente, cruzes de madeira fazem parte do cenário urbano em praças, em frente a igrejas, nos cemitérios e nas entradas da cidade. Os cruzeiros de Tibagi têm muita história e estão intimamente ligados à cultura da comunidade.
Mais

  
A História do transporte coletivo em Tibagi - Parte 2: “Tinha ouro naquela poeira”

A história do transporte coletivo entre Tibagi e outras cidades começou no início do século passado com diligências conduzidas por parelhas de cavalos em viagens que chegavam a durar um dia inteiro para percorrer em estradas de chão poucos 60 km. A coluna de fatos histórico da Prefeitura de Tibagi em parceria com o Museu Históricos Desembargador Edmundo Mercer Júnior já apresentou a iniciativa de Francisco Mossoni em 1913 ao criar uma transportadora que usava carroças.
Mais

  
A História do transporte coletivo em Tibagi - Parte 1

Apenas 60 km separam Tibagi e Castro. Com o asfalto em boas condições, a viagem não dura uma hora. Agora imagine o mesmo trajeto há 100 anos, sobre carroças, e acredite: muitas famílias aventuravam-se no passeio que era praticamente uma 'expedição' de um dia inteiro. As diligências e os cavalos eram as únicas conduções sobre as estradas de chão no início do século passado, inclusive como transporte coletivo – funcionavam como os ônibus de hoje.
Mais

  
Imigrantes holandeses e a agricultura de Tibagi

A imigração holandesa ao Brasil comemora 100 anos em 2011 e também deixa sua influência em Tibagi, município da região dos Campos Gerais do Paraná que faz divisa com Carambeí, cidade onde a festa de 100 anos da chegada dos primeiros imigrantes acontece neste final de semana (entre 1 e 3 de abril).
Mais

  
Antonio de Macedo, o primeiro prefeito de Tibagi

No dia 18 de março Tibagi completou 139 anos de emancipação política. Com o desmembramento do Município de Castro, nasce a Comarca de Tibagi e nela, uma figura política importante marca presença. Antonio Barbosa de Macedo, o primeiro prefeito da cidade tomou posse em 10 de janeiro de 1873.
Mais

  
Tiruíla: o sambista de Tibagi

Dentre as muitas novidades do Carnaval Tibagi 2011, uma tenda vai concentrar atrações especiais na melhor folia de Momo do interior do Paraná. O palco Tiruíla receberá shows de Jair Rodrigues (dia 5 de março) e Os Originais do Samba (7), além do grupo Sirinho e Cia em quatro noites da festa (4 a 6). O nome da ala VIP foi escolhido entre as indicações da comunidade e remete à história centenária do Carnaval na cidade. Uma visita ao Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior revela quem foi o sambista mais famoso de Tibagi.
Mais

  
Há 19 anos, tibagianos participavam pela primeira vez da São Silvestre

Dezenove anos depois, Manoel lembra com nitidez da primeira participação de um tibagiano, ou melhor, de dois tibagianos, na corrida mais famosa do Brasil. “Fui eu e o Manoel Pascoalino. A gente gostava de correr”. E nem precisa dizer, basta olhar para sua coleção de 155 medalhas e 85 troféus. “Muitas medalhas eu dei pra gurizada que me pede”, relata.
Mais

  
Tempo de Natal era marcado por Mesadas de Anjo

Depois de 12 anos consecutivos, este é o primeiro em que dona Nair Pinto Silveira não realiza sua Mesada de Anjo. Aos 80 anos, a aposentada não está mais com saúde e disposição para reunir as crianças da vizinhança na tradicional festa da fé e da solidariedade. Mas na memória, a confraternização permeia suas lembranças ainda da infância.
Mais

  
O Bar do Osmar já não tem mais um janelão

Por 26 anos, José Osmar Sedlak viu a vida passar através da janela com mais de 3,5 metros no prédio construído na década de 1920. É uma grande janela para as proporções das casas do centro histórico de Tibagi, feita especialmente para que os frequentadores do local pudessem acompanhar os acontecimentos.
Mais

  
Devota Ana Beje ainda inspira lendas

Diz a lenda que quem der 12 voltas na Igreja Matriz de Tibagi em uma sexta-feira de lua cheia, à meia-noite, pode ter um encontro sobrenatural com o fantasma de Ana Beje. Das várias crendices reproduzidas pela comunidade, a personagem figura como uma das principais no imaginário popular. Parte da história da tibagiana que de tudo fez para ver construída a primeira Igreja Matriz é contada no Museu Histórico Edmundo Mercer, que desvenda os mistérios de Ana Cardoza, ou ajuda a reproduzi-los.
Mais

  
Monteiro Lobato e o petróleo em Tibagi

Que relação teve a busca por petróleo em Tibagi e o escritor Monteiro Lobato? A ligação entre estes temas curiosos, de que pouca gente ouviu falar, pode ser desvendada em uma visita ao Museu Histórico Desembargado Edmundo Mercer Júnior, onde estão cópias de duas cartas escritas por Lobato a um tibagiano na década de 1940.
Mais

  
Tibagianos eleitos marcam história do Paraná

Desde a instalação da Assembleia do Paraná, por Lei Imperial de 19 de dezembro de 1853, vários tibagianos já passaram pela Casa e marcaram a história política do Estado. Alguns personagens são ainda hoje lembrados em nomes de ruas e até de cidade, como Telêmaco Borba, Almeida Taques, Guataçara Borba Carneiro e Edmundo Alberto Mercer, entre outros ilustres nascidos em Tibagi.
Mais

  
As árvores na história de Tibagi

O Dia da Árvore no Brasil é comemorado em 21 de setembro, data que em Tibagi é celebrada todos os anos de maneira especial, já que se trata do Município da Sustentabilidade e da Ehco Cidade Limpa, conforme selo cedido pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP). As belas paisagens naturais que fomentam o turismo, mais programas de reciclagem de lixo e de habitação ecológica, já impregnaram na consciência da população o amor pelo meio ambiente e a defesa dos recursos naturais. As árvores também marcam a história da comunidade e é a elas que a coluna de fatos históricos do Museu Desembargador Edmundo Mercer Júnior se volta nesta semana.
Mais

  
Museu faz homenagem a centenário do patrono

O patrono do Museu Histórico de Tibagi, desembargador Edmundo Mercer Júnior, será homenageado por sua família e pela Prefeitura num evento em comemoração aos 100 anos de seu nascimento.
Mais

  
Fogo Simbólico da Pátria passou por Tibagi

O mês de setembro de 1976 ficou marcado na história de Tibagi com a recepção, pela primeira vez, do Fogo Simbólico da Pátria, aderindo à tradição surgida em 1937 no Rio Grande do Sul e repetida ainda hoje em muitas cidades brasileiras.
Mais

  
UTA completa 60 anos

Em agosto de 1950 nascia oficialmente o União Tibagiana de Atletismo. Sessenta anos depois, a camisa tricolor ainda mexe com a emoção dos torcedores de Tibagi, que agora vibram com a possibilidade do fortalecimento do clube de futebol e a retomada da trajetória de sucesso que as várias gerações de atletas impetraram ao UTA.
Mais

  
A fotografia na história de Tibagi

Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Fotografia, 19 de agosto, a coluna de fatos históricos Aconteceu! do Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior resgata a história da fotografia em Tibagi. Segundo o pesquisador Neri Aparecido Assunção, a foto mais antiga da cidade é de 1851, da praça central, quando da época da Freguesia.
Mais

  
Censo: Tibagi já teve mais de 35 mil habitantes

Criado em 1936, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística realiza em média a cada dez anos o Censo Demográfico, em andamento neste ano. Mas a contagem populacional já acontecia antes e o município de Tibagi reserva curiosidades sobre a aplicação da pesquisa, desde a primeira, em 1872.
Mais

  
Festa pela colheita se repete desde 1973

Há 37 anos era realizada a primeira Festa do Trigo em Tibagi para celebrar o sucesso da colheita. Em suas várias edições, o evento mudou de nome e neste final de semana se realiza como Festa de Ação de Graças pela Colheita pela 11a vez, apresentando o potencial do município que é o maior produtor de trigo do Brasil.
Mais

  
'Santinha' atrai fieis de todo o país a Tibagi

Há 110 anos, uma imagem de louça com cinco centímetros atrai milhares de fieis de várias partes do Brasil a uma capela a 37 quilômetros da cidade de Tibagi, na localidade rural de Campina Alta. A Santinha recebe duas denominações, é conhecida como Santa Pastorina ou Castorina.
Mais

  
Frei Manoel atraia milhares de fieis

Há 118 anos, em 18 de julho de 1892, Frei Manoel era conduzido ao cemitério municipal por uma multidão. Mais de quatro mil pessoas assistiram ao enterro do Monge de Tibagi, personagem que figura na história da religiosidade e das crendices do povo local. Caminhante, viveu em tendas pelas estradas até que adotou o município para fazer o que acreditava ser sua missão. Receitava remédios, fazia orações, benzia e, onde estava, tinha sempre uma fila de pessoas para atender.
Mais

  
Festas Juninas foram trazidas pelos baianos

Já se foi o tempo em que festa junina acontecia apenas no mês de junho. Os festejos a São João e outros santos comemorados no sexto mês do ano ganharam o gosto popular e se tornaram frequentes também em julho, estendendo a confraternização com barraquinhas de guloseimas, bandeirolas, fogos, quadrilha e brincadeiras.
Mais

  
Craques de Tibagi fazem história em grandes times brasileiros

Em Tibagi há pelo menos dois nomes que ficaram gravados na história do futebol brasileiro. Cláudio Ribeiro e Joel Mello foram profissionais dos gramados e defenderam camisas conhecidas como a do Fluminense, no Rio de Janeiro, e do Atlético Paranaense. Documentos, recortes de jornais e revistas estão no arquivo do Museu Histórico, que faz uma merecida homenagem aos craques.
Mais

  
Museu abre exposição sobre Copa do Mundo

No dia da abertura da Copa do Mundo (10), o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior em Tibagi abre uma sala temática para apresentar como os tibagianos assistiram e participaram das várias edições do Mundial de Futebol.
Mais

  
Desafios e conquistas de quem dedicou a vida ao Hospital Luiza Borba Carneiro

Meio século! Quanta história cabe entre as paredes do Hospital Estadual Luiza Borba Carneiro em 50 anos de esforços para salvar vidas e resgatar a saúde de tantas pessoas? Por seus corredores e leitos, há muita transformação. Ali, a vida ganha outro sentido e o significado das palavras atenção e amor é compreendido na prática.
Mais

  
Abolição foi bem aceita pelos senhores de Tibagi

Há 122 anos a princesa Isabel assinava a Lei Áurea, que garantia a liberdade de todos os escravos no Brasil. Neste 13 de maio, o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior traz na coluna Aconteceu! um pouco da história da escravidão em Tibagi, município que, segundo o IBGE, tem mais de 70% de sua população formada por afrodescendentes.
Mais

  
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Tibagi

O Dia das Mães em Tibagi também será dia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, co-padroeira da cidade. A Paróquia Nossa Senhora dos Remédios está organizando a festa em louvor à mãe de Jesus – tradição que se repete há mais de 70 anos.
Mais

  
Gustavo Hamberland foi o primeiro gari de Tibagi

O Dia Mundial do Trabalho, comemorado neste sábado, 1o de maio, mobiliza todas as nações em torno dos temas relativos à vida dos trabalhadores e suas conquistas ao longo dos séculos. No Brasil, amparados por lei, os trabalhadores continuam se mobilizando para manter e ampliar seus direitos. Mas antes que qualquer legislação assegurasse sua qualidade de vida, os garis já desempenhavam importante tarefa diária nas cidades brasileiras.
Mais

  
Tibagi, a primeira cidade planejada do Brasil?

As discussões sobre qual foi a primeira cidade planejada do Brasil são variadas. Há quem argumente que Salvador, ainda em 1549, tenha sido pioneira. Outras linhas de análise consideram o fato de que planejamento urbano não se limita apenas à delineação de algumas ruas paralelas, mas num conceito bem mais abrangente, de administração e desenvolvimento.
Mais

  
Os índios dos Campos Gerais

Na região dos Campos Gerais, os territórios da Bacia do Rio Tibagi foram ocupados por populações indígenas que sempre defenderam suas matas, seus campos e combateram invasores. É sobre estes personagens que a coluna de fatos históricos Aconteceu! desta semana se aprofunda.
Mais

  
Há 100 anos Toca Mercer iniciava Expedição

Muitas cidades do Paraná têm ruas com o nome de Toca Mercer, agrimensor de Tibagi que marcou a história da região com várias ações, entre elas, uma expedição para reconhecimento de terras que hoje formam cidades. Em Tibagi, Edmundo Mercer é o nome da praça principal, onde está a Igreja Matriz, em frente ao Palácio do Diamante, local que também é espaço para a maior festa do município: o Carnaval.
Mais

  
O dia em que o Cinema pegou fogo

A história de Tibagi reserva acontecimentos que são relatados geração após geração, como a era dourada dos cinemas no Brasil, que também marcou época na cidade, com o Cine Theatro São Pedro. Mas uma tragédia tirou da grande tela a magia das fitas norte-americanas.
Mais

  
138 ANOS
de Freguesia a Município


Dia 18 de março Tibagi completou 138 anos de emancipação política. Sua história, marcada pela presença de índios, tropeiros, migrantes e outros colonizadores está permeada de fatos curiosos e até lendas repetidas pelos tibagianos ainda hoje.
Mais

  
138 ANOS
Tribos caingangues, tropeirismo e garimpo: nasce Tibagi


Em 18 de março de 1872 nascia oficialmente o município de Tibagi, hoje segundo maior do Paraná em extensão territorial, eleita melhor cidadezinha do Brasil e detentora do selo Ehco Cidade Limpa pelo Instituto Ambiental do Paraná.
Mais

  
Especial Carnaval - Final
A evolução do Carnaval


Em várias fases históricas, o Carnaval centenário de Tibagi é permeado de muitas curiosidades. No início, em 1910, um carro puxado a cavalo, na década de 1930, a carroça foi substituída pelos carros pés-de-bode e mais tarde, na década de 1950 iniciam os carnavais de clubes. Nos anos 70 brancos e negros encontraram na terça-feira de Carnaval a oportunidade de integração que quebrou com a distinção de públicos. Na década de 1980 é organizada a primeira Escola de Samba e no ano 2000, o Carnaval de Tibagi passou a ser organizado na praça Edmundo Mercer.
Mais

  
Especial Carnaval Parte 3
Estrela e Tibagiano: Carnaval era oportunidade de integração


No centenário do Carnaval tibagiano, a equipe do Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior faz o resgate da história e tradições mantidas ao longo do século. Nesta terceira edição da coluna Aconteceu, o retrato é do surgimento da primeira escola de samba, em 1928, no Rio de Janeiro, a 'Deixa Falar', à criação dos blocos de rua em Tibagi.
Mais

  
Especial Carnaval Parte 2
Dos desfiles no Rio de Janeiro às carreatas em Tibagi


O auge do garimpo entre 1920 e 1935 deu mais alegria ao Carnaval com a chegada dos baianos, animados pela cobiça do diamante do caudaloso Rio Tibagi. Em época de Carnaval, os garimpeiros trocavam as peneiras e as bateias pelos confetes e serpentinas e idealizaram os primeiros blocos carnavalescos.
Mais

  
Especial Carnaval Parte 1
Cadete põe os carros na rua e cria primeiro Carnaval em 1910


Em Tibagi no ano de 1910 houve aquele que foi considerado o primeiro desfile de Carnaval. Manoel da Costa Moreira, o Cadete, organizou os carros alegóricos carnavalescos com belas moças da comunidade vestidas com trajes luxuosos representando cada Estado brasileiro.
Mais

  
Colégio Irênio completa 60 anos

O primeiro colégio a oferecer ensino médio em Tibagi está de aniversário. Em meio a obras de ampliação, o Colégio Estadual Irênio Moreira Nascimento comemora 60 anos de serviços à população tibagiana através de inúmeros profissionais, colaboradores e corpo docente e discente responsáveis pela relevante história da instituição no município. A coluna de relatos e fatos históricos do Museu Desembargador Edmundo Mercer Júnior, Aconteceu!, aborda um pouco das principais recordações sobre a unidade educacional.
Mais

  
Estigmatinos retornam a Tibagi 98 anos depois da chegada ao Brasil

A Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo – Estigmatinos fundada em 1816 por São Gaspar Bertoni, na cidade de Verona na Itália, fundou sua primeira casa no Brasil em 28 de de março de 1911. Três peregrinos batem à porta da casa paroquial de Tibagi, começava aí a promissora influência na fé do povo local.
Mais

  
História da cidade traz identidade africana

Da origem da cultura local até o título do melhor carnaval do interior do Paraná. Na coluna semanal de curiosidades sobre Tibagi, o Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior resgata a história da cidade que se mescla com a origem afro impondo a identidade cultural até a composição dos 100 anos de folia do carnaval tibagiano.
Mais - Vídeo

  
Rodovia do Café

A BR-376, conhecida como Rodovia do Café, teve seu primeiro trajeto cortando o centro de Tibagi. Por volta de 1958, grande frota de caminhões transportava a safra de café do Norte do Paraná à Paranaguá e parte passava pela cidade. Era grande o movimento na área central e os caminhões despertavam a curiosidade dos tibagianos para ver a placa e origem dos veículos que vinham de vários municípios do país.
Mais

  
104 anos de festas à Padroeira

A coluna semanal do Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior traz mais um capítulo da história da cidade: os 104 anos de festas em honra à padroeira do município de Tibagi, Nossa Senhora dos Remédios. Em 22 de outubro de 1905, com licença das autoridades eclesiásticas superiores, aconteceu a primeira festa consagrada à Padroeira que é realizada até hoje.
Mais

  
Biblioteca Pública completa 44 anos de serviço em Tibagi

o enfoque vai para os 44 anos de atuação da Biblioteca Pública Historiador Luiz Leopoldo Mercer, criada pela Lei 440 de 13 de outubro de 1965, na gestão do prefeito Homero Talevi Campos.
Mais

  
‘Mano Gaiola’ é a homenagem ao Dia do Jornaleiro

O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Júnior homenageia uma personalidade da cultura local que contribuiu com sua história e trabalho ao longo dos 137 anos da cidade. Em 30 de setembro comemora-se o Dia Nacional do Jornaleiro.
Mais

  
Clube Estrela da Manhã comemora 59 anos

Um dos clubes mais tradicionais de Tibagi está de aniversário! São 59 anos de muita história, carregada de traços típicos da cultura tibagiana, especialmente da tradição mantida pelos negros.
Mais

  
Escola Telêmaco Borba completa 91 anos

A escola mais populosa do município está prestes a completar 91 anos de história. Em18 de setembro de 1918, através de decreto governamental nº 720 ficava denominado “Grupo Escolar Telêmaco Borba” tendo como primeiro diretor Leônidas Ferreira em 1923.
Mais

  
Acidente aéreo completa 65 anos em Tibagi

O Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior guarda verdadeiras relíquias da história tibagiana. No próximo dia 7 de setembro completa 65 anos de um acidente aéreo que vitimou duas pessoas. O local do acidente é onde se encontra hoje o Núcleo Habitacional Santa Rita.
Mais

  
Turismo já era reverenciado há 25 anos em Tibagi

Nos arquivos do Museu Histórico Desembargador Edmundo Mercer Junior encontra-se um registro histórico e que mostra a importância do turismo local. Uma reportagem do Jornal da Batavo de 1984 trazia o título 'Belezas naturais de Tibagi'. A tiragem é do Órgão Jornalístico Mensal da Cooperativa Agropecuária Batavo.
Mais

  
59 anos da Ponte do Rio Tibagi

Em 19 de agosto de 1950 foi inaugurada a Ponte Edmundo Mercer, sobre o Rio Tibagi. Importante conquista do povo local. Na primeira sessão legislativa da Câmara de Vereadores em 1873 foi constada em ata as necessidades da construção da ponte.
Mais

  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi
  • Prefeitura de Tibagi