× Fechar menu
Licitação ao vivo
, clique aqui
Prefeitura Municipal de Tibagi

Tibagi recebe reunião do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tibagi

Encontro contou com a presença de representantes de diversos municípios que compõem a bacia hidrográfica do Rio Tibagi

Nesta quarta-feira (15), Tibagi recebeu pela primeira vez a reunião do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tibagi. O Comitê é formado por 43 municípios e é responsável discutir e tomar decisões importantes sobre a bacia hidrográfica.

Na pauta estiveram questões como a crise enfrentada pelo Rio Paranapanema, que foi tema de uma palestra com o geólogo, Emílio Carlos Prandi. De acordo com a presidente do Cômite, Andreia de Oliveira, tratar desse assunto é extremamente importante. “Então vai ser colocado sobre essa situação que, num determinado momento, pode ser que aconteça aqui, então a gente precisa se prevenir”, pontua.

Ela ainda acrescenta que a reunião é itinerante, e é marcada sempre em um município diferente para que os integrantes do Comitê possam participar ativamente. “A gente procura marcar as reuniões em municípios que compreendam o alto, o médio e o baixo Tibagi. Porque como a bacia é muito grande, compreende 43 municípios, para que todos tenham oportunidade de participar e se deslocar de uma forma mais justa. Então procuramos fazer uma a cada, preferencialmente em cidades onde estão os conselheiros, mas que a cada reunião seja intercalado no médio, alto e baixo Tibagi”, afirma.

A vice-prefeita, Helynez Santos Ribas prestigiou o evento e deu boas-vindas para todos os membros do Comitê. “É um orgulho receber essa reunião do Comitê em Tibagi. E que esse trabalho se desenvolva da melhor forma, na preservação do nosso rio Tibagi”, disse.

A gerente da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) e suplente do Comitê, Leri Ribeiro, destaca que essa reunião é uma excelente oportunidade para a troca de informações e experiências entre os municípios que formam a bacia. “Para o município é muito importante receber essa reunião extraordinária do Comitê. É uma reunião itinerante e é uma oportunidade para nós conhecermos a realidade de outros municípios, os rios que passam pela bacia hidrográfica do Rio Tibagi. Esse Comitê  tem o poder de decisão, de reivindicar coisas boas para essa bacia hidrográfica, como as questões ambientais para toda esta região”, argumenta.

Galeria de fotos


Compartilhe nas redes sociais: