× Fechar menu
Licitação ao vivo
, clique aqui
Prefeitura Municipal de Tibagi

Projeto de Proteção de Nascentes chega ao Iapará

Ação foi realizada com a participação de alunos do quarto ano da Escola São Bento

Projeto de Proteção de Nascentes chega ao Iapará

Na última semana, o Projeto de Proteção de Nascentes da Prefeitura de Tibagi, através da Secretaria Municipal Meio Ambiente (Sema) e departamento de Habitação, em parceria com a Emater, chegou até o Assentamento Iapará. A ação foi pedida pelos alunos do quarto ano da Escola São Bento que, como parte do Programa Caiubi, realizado em parceria com a Klabin, escreveram uma carta e enviaram para a Sema.

A gerente da Sema, Leri Ribeiro, destaca que além da construção da proteção de nascente, o dono do terreno recebeu informações de como conservar a benfeitoria. “Aconselhamos o proprietário a fazer uma cerca em volta e plantar árvores nativas, garantindo mais segurança. Esta é a proteção correta, para não sujar água, evitando que animais se aproximem e contaminem”, disse.

Desde o lançamento do projeto, já foram realizadas sete proteções em todo o município. Três delas no Barreiro, duas na região do Descalvado, uma no Rincão e esta no Iapará.

Como é feito

Para receber a proteção, a nascente primeiramente passa por uma limpeza, que retira o excesso de material, como raízes e barro. Em seguida, é preparada uma solução com cimento e terra para o reboco e calçamento com pedras irregulares para que a água circule no meio das pedras. Após isso, é feito um dreno no fundo com um cano maior, de 100 mm, dependendo do volume que sai da água, que será responsável pela limpeza da mina. Um pouco acima desse cano de limpeza está a captação de água que será aproveitada para a propriedade e, num nível um pouco mais elevado, os canos para o excesso de água que não está sendo aproveitada. Todos esses canos possuem telas para evitar a entrada de insetos. No ato de construir essa parede, na parte mais alta, é fixado um cano com tampa, que será aberto para colocar cloro e fazer a desinfecção da mina.

Quem tem interesse em participar do programa ou conhecer mais sobre ele, pode entrar em contato com o Departamento de Habitação, através do telefone (42)3275-1584.

Galeria de fotos


Compartilhe nas redes sociais: