Notícias: Tibagi passa a atender pacientes de colostomia e urostomia

on 29/11/2018 - 17:35 366 reads Saúde
Tibagi passa a atender pacientes de colostomia e urostomia


A Saúde de Tibagi deu um passo importante para o tratamento de pacientes que usam bolsas de colostomia e urostomia na tarde desta quinta-feira (29).




O município agora passa a atendê-los nas unidades de saúde locais, o que antes era feito em Telêmaco Borba. Uma reunião, com a equipe da secretaria de saúde e as pessoas que utilizarão o serviço, ocorreu na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro São José, que será a unidade de referência para os pacientes. O encontro aconteceu para mostrar como funcionará o atendimento e apresentar os profissionais que ficarão responsáveis pelo projeto. A expectativa é garantir mais qualidade de vida para quem precisa do atendimento, como explica a gerente comunitária de saúde e coordenadora do projeto de colostomia, Lorena Alberti. "Estamos trabalhando com qualidade. Iremos permanecer com os mesmos materiais, com a mesma estrutura. A gente se adequou conforme a qualidade que eles já tinham e vamos dar todo o suporte necessário para que eles sejam completamente assistidos aqui. A novidade é que também teremos um médico de referência que ficará designado especialmente para atendê-los ", explicou. Por ano, a prefeitura investirá R$ 200 mil com os materiais.



O paciente André Cortez está com boas expectativas para o início do atendimento no município. "Acredito que vamos ser bem atendidos aqui no município e isso vai melhorar muito, em muitas questões. Em termos de se locomover de Tibagi a Telêmaco Borba, que era uma das dificuldades enfrentadas, não vai ter mais. As entregas das bolsas aqui vão ser de muita importância e uma grande melhora para nós. Isso veio para somar para o município e para todos os que precisam do serviço", disse.

Atendimento

Uma descentralização do serviço pela 21º Regional de Saúde fez com que os municípios da regional assumissem os atendimentos aos pacientes de colostomia e urostomia.
Toda a equipe das unidades de saúde passará por capacitações, mas a UBS São José será o local de acolhimento e distribuição das bolsas. O doutor Fabio Kasai será o médico referência deles em Tibagi, que fará o atendimento durante a semana e, em uma quinta-feira por mês, participará da reunião do grupo, juntamente com as coordenadoras do projeto, Lorena Alberti e Cristiane Perin.



Os pacientes também terão a disposição um acompanhamento multidisciplinar, com nutricionista e psicólogo a disposição.



O pastor Sérgio Aldo da Silva, presidente do Conselho Municipal de Saúde, ressalta o apoio do Conselho no projeto. "O secretário Wilson apresentou a proposta e a demanda, para o conselho, da necessidade de atender esses pacientes em Tibagi. E o conselho autorizou, porque é importante atender bem o paciente e nós vamos acompanhar a implantação desse novo serviço em Tibagi, para que eles sejam bem assistidos", frisou.

Texto: Assessoria de Comunicação
Imagens: João Pedro Agostinho