Notícias: Saúde realiza audiência pública para prestação de contas

on 27/09/2018 - 18:08 99 reads Quadrimestre
Saúde realiza audiência pública para prestação de contas


A Secretaria de Saúde realizou, nesta quarta-feira (26), na Câmara Municipal, audiência Pública referente ao .2° Quadrimestre de 2018, que compreende o período entre maio e agosto desse ano. Foram apresentados os serviços, gastos, investimentos e números da secretaria durante esse tempo.




A audiência é obrigatória por lei e para o secretário da pasta, Wilson Silva, é um momento de discussão da saúde pública com a sociedade. "É muito bom ver que a cada audiência pública temos um bom número de pessoas que comparecem. Nesse momento explicamos e detalhamos tudo e ficamos também a disposição para sanar alguma dúvida que surgir dos munícipes", disse o secretário.

A receita total da Secretaria foi de R$ 5.469.117,08. Através de emendas, foram utilizados R$492 mil de custeio para atenção básica. E estão em processo licitatório o Castramóvel, também oriundo de emenda parlamentar de R$ 120 mil e duas ambulâncias pequenas custando R$160 mil, provenientes de repasse do Ministério da Saúde.



Por mês, a Secretaria de Saúde, realiza cerca de 5550 consultas e no quadrimestre, foram realizadas 22 mil. Exames laboratoriais, feitos no laboratório municipal e particular, totalizam 11 mil.



Nesse período, foram realizados, através de convênios, 639 encaminhamentos para exames especializados, no município ou fora dele. Através do consórcio da saúde, 1832 pacientes fizeram exames e consultas com especialistas.
Os atendimentos especializados, por meio da Secretaria de Saúde, como neurologista, ginecologista, psiquiatra, fonoaudióloga, cardiologista e pediatria, somam 3476.



Na aquisição de medicamentos, foram investidos mais de 400 mil reais.
Visitas domiciliares, consultas odontológicas, procedimentos odontológicos e aplicação de flúor, somam mais de 40 mil atendimentos.

Foram visitados 3393 domicílios através do Programa Nacional de Combate a Dengue.
Para compra de materiais, bem ou serviço para distribuição gratuita, como óculos, cadeiras e meias de compressão, foram investidos R$82.536,81.



Em material de consumo, o investimento foi de R$239.528,56 e para aquisição de equipamentos e materiais de uso permanente, a secretaria designou R$93.338,37.

Texto: Assessoria de Comunicação
Imagens: João Pedro Agostinho