Notícias: Festa da Santinha atrai romeiros de todo o Estado

on 26/07/2018 - 18:21 285 reads
Festa da Santinha atrai romeiros de todo o Estado



Fé e devoção marcaram mais uma edição da Festa da Santa Pastorina, Santa Castorina ou simplesmente “Santinha” como é conhecida por muitos devotos. A festa aconteceu nesta quinta-feira (26), em Campina Alta, Tibagi. Milhares pessoas fizeram fila para entrar na capela, onde fica o altar em homenagem à Santinha. Pessoas de várias partes do Estado vieram agradecer milagres e graças recebidas, com orações e penitências.




Dona Joaquina Rosa veio de longe, do município de Ivaiporã, norte do estado. Todo ano ela organiza os romeiros e vem agradecer as graças recebidas. “Há 15 anos eu faço essa viagem. Hoje vieram umas 35 pessoas. Trago tudo, e se um dia não puder vir de ônibus eu venho de carro. Venho agradecer muito a Deus. Tive muitas bênçãos na minha vida” , disse.



Uma das romeiras que veio com dona Joaquina é a dona Maria Cotrim, que veio para cumprir uma promessa feita há mais de um ano. “Tive uma graça muito grande. Tenho um filho e ele nunca tinha sentido uma dor de cabeça, nada. Deu uma dor de repente nele, correram com ele desacordado para o hospital. Ficou cinco dias no hospital, os médicos dizendo que não tinha jeito. Na hora que eles me ligaram eu me ajoelhei e a primeira santa que eu me lembrei foi a Santa Castorina. Pedi para ela dar a cura para ele. Os médicos desenganaram, mas Deus e Ela curaram meu filho. Ele está curado, não sente nada, já tem mais de um ano, graças a Deus e à Santinha”, contou com lágrimas nos olhos.



Uma das devotas da Santinha é a dona Maria Dirce Pacheco, que mora em Tibagi, mas desde criança, quando ainda morava com a família no município de Tamarana, já conhecia a Santa Pastorina. “Eu recebi muitas bênçãos dela. Desde que a minha mãe era viva, ela vinha lá de Tamarana, onde a gente morava. Quando me casei vim morar em Tibagi e enquanto for viva não perco uma festa. Eu tinha uma falta de ar muito grande e ninguém acreditava que eu tinha aquele problema. Um dia fiz o pedido para Santa Castorina. Pedi para ela que se fosse tempo de eu me mudar para o outro plano, que ela me levasse, mas que se não fosse a minha hora, que ela me curasse, porque assim eu viria todo o ano aqui na capela. Eu recebi esse milagre do dia pra noite. Desde então tenho outros problemas de saúde, mas a falta de ar não. E tem muitos outros milagres que tenho recebido. Chega o dia da festa eu estou aqui, venho de qualquer jeito, mas eu venho”, relatou emocionada.



A devoção à Santinha começou no ano de 1900, quando Maria Rubina Ferreira veio de Castro para a Campina Alta. Todos os anos, no mês de julho, ela promovia em sua casa uma reza em louvor à santa atraindo moradores vizinhos.




Estrutura


A festa é organizada pela Prefeitura Municipal, que ficou responsável por toda a infraestrutura e logística, como equipes de limpeza, segurança, atendimento emergencial e transporte para os romeiros.



O prefeito Rildo Leonardi participou logo cedo da missa e elogiou a organização. “Temos buscado sempre aprimorar a festa. Este ano fizemos mais algumas melhorias para atender os devotos da Santinha. É uma festa muito importante para o município e precisamos dar segurança e tranquilidade para a população. Os visitantes podem vir para rezar, agradecer as graças recebidas e ainda se divertir e aproveitar todos os atrativos com segurança”, afirmou o prefeito.



Mais fotos da Festa da Santinha em: facebook.com/tibagipr

Bianca Martins
Imagens: João Pedro Agostinho