Notícias: Regularização fundiária terá prioridade

on 11/01/2017 - 16:28 311 reads Habitação

Regularização fundiária terá prioridade



Regularizar imóveis que hoje estão em situação irregular. Essa foi a prioridade apontada em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (11) na Prefeitura de Tibagi, com as presença do prefeito Rildo Leonardi, da vice-prefeita Helynez Ribas e dos servidores da Companhia de Habitação do Paraná, Ary Ribeiro Filho, chefe do Escritório Regional de Ponta Grossa e Talmai Zanini Junior, coordenador do mesmo órgão. Representando a Secretaria Municipal de Planejamento, Economia e Gestão, acompanharam o encontro o secretário da pasta, Fernando Kogus e o engenheiro Josemar Scheraiber. Também esteve presente o representante da Assessoria de Habitação, José Carlos Salles.





Atualmente, Tibagi tem cerca de 575 unidades a serem regularizadas. Santo Antonio e São José são os núcleos habitacionais que mais apresentam imóveis nessa condição. Por essa razão, o Município irá aderir ao Morar Legal Paraná, programa de regularização fundiária do governo estadual lançado em 2016. O coordenador do escritório regional da Cohapar explicou como funcionam os trâmites para a contratação e o prefeito colocou-se à disposição para ajudar no que for preciso.






A regularização fundiária apresenta diversas vantagens para o município pois facilita a implantação ou ampliação dos serviços públicos no local abrangido. O morador, por sua vez, também tem muitos benefícios: torna-se dono legal do imóvel em que vive; adquire um endereço oficial reconhecido pela Prefeitura e instituições; pode registrar e regularizar em cartório as construções existentes ou que vier a fazer no lote e tem o imóvel mais valorizado.

Outros projetos



A construção de novas moradias também foi abordada na reunião entre Prefeitura e Cohapar. A Prefeitura irá concentrar esforços para dar andamento a projetos já existentes e também para iniciar novos convênios nessa área, seja em obras com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e de programas como o Minha Casa Minha Vida – Sub 50, entre outros. Uma das primeiras ações será a atualização de cadastro de futuros mutuários no distrito de São Bento, a ser realizada nos próximos dias, em data, horário e local a serem definidos e oportunamente divulgados.


Texto e imagens: Assessoria de Comunicação