Notícias: Estado busca financiamento para curso complementar do Caso Vizivali

on 03/12/2010 - 17:06 774 reads Representantes do governo do estado estiveram quarta-feira (1) em Brasília para, dentre outros assuntos da área educacional, discutir os problemas enfrentados pelos professores que fizeram a capacitação do Iesde/Vizivali. A conversa ocorreu entre o governador Orlando Pessuti, acompanhado pelo secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Nildo Lübke, com o secretário executivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim Fernandes.

Na conversa, a validação do diploma dos cerca de 35 mil estudantes/professores formados em Normal Superior, há cinco anos, pelo Instituto Educacional e Sistema de Ensino (Iesde) e a Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu (Vizivali).

O curso não foi reconhecido pelo MEC e os estudantes ficaram impossibilitados de exercer a profissão. Ou a estão exercendo de forma irregular, o que os impede de progressões funcionais ou participações em concursos e seleções. “Nós estamos reforçando nossa posição para que os 35 mil professores, que fizeram o curso junto a Vizivali, tenham, ainda este ano, uma solução adequada”, enfatizou o secretário.

Os professores terão que fazer um curso complementar. De acordo com Nildo Lübke, o governo estadual busca um financiamento para viabilizar o curso para os 20 mil profissionais que são da rede pública de educação. Por outro lado, ainda não se definiu alternativa para os demais professores, sejam eles de entidades filantrópicas ou particulares.

Texto: Das Assessorias
Fonte: (http://www.nota10.com.br//noticia-det ... lementar-do-Caso-Vizivali)