× Fechar menu
Licitação ao vivo
, clique aqui
Prefeitura Municipal de Tibagi

Bailarinas apresentam prêmios conquistados em Florianópolis ao executivo

Elas conquistaram classificação para Córdoba, na Argentina, em seis categorias. Pela primeira vez uma coreografia solo, de balé de repertório foi indicada e o Jazz que deu o prêmio máster ao grupo tibagiano

Nesta terça-feira (10), o prefeito Rildo Leonardi e a vice-prefeita, Helynez Santos Ribas, receberam no Palácio do Diamante as bailarinas da Escola Municipal de Dança (EMD) e a coreógrafa Ana Karina Cruz, que trouxeram os prêmios conquistados durante o Universal Dance Brasil, disputado em Florianópolis, no fim de junho.

O prefeito ficou muito empolgado em ver os excelentes resultados que as talentosas bailarinas tibagianas conquistaram. “É sempre um orgulho para Tibagi. O balé, que tem se destacado mais na área da cultura, é um legado que vai ficar para sempre, vai passando de gestão para gestão. A professora Ana Karina está de parabéns, com as alunas dela, É mais uma premiação importante, mais uma classificação para ir para Córdoba. E eu tenho certeza que elas têm nome, para que a gente consiga apoio de grandes empresas para que viabilizem essa viagem para a Argentina e depois, em seguida, eu tenho certeza que elas conseguirão a classificação para irem para o México.

Para a professora Ana Karina, o resultado é fruto de muito trabalho e dedicação às mais de 100 alunos atendidas pela EMD. Ela destacou que a cada ano novas bailarinas participam de competições. “Sempre está ocorrendo renovações no elenco, o que mostra o potencial crescente das bailarinas da EMD. Desta vez foram dez meninas novatas, que participaram pela primeira de uma competição de alto nível. O nosso grupo sempre está se renovando a medida que novos talentos despontam durante os ensaios”, explicou.

Em Florianópolis, elas conquistaram a classificação de seis categorias para Córdoba, na Argentina. As coreografias classificadas foram Salsa-afro, Tango, Burlesque, Cheerleaders, Solo Fada Flor de Trigo (balé de repertório) e o Jazz que deu o prêmio máster ao grupo tibagiano, garantindo hospedagem, alimentação e inscrição nos cursos para sete bailarinas e a coreógrafa no país vizinho.

Galeria de fotos


Compartilhe nas redes sociais: